Segunda-feira, 16 de Outubro de 2006

Santa Cruz II

Santa Cruz

II

Aqui, sentado,
Numa esplanada, virada para o mundo,
Observo o mar.
 
O sol, que brilha,
A aragem que corre,
As pessoas passeando,
As gaivotas...
 
Observo, reparo,
Na água, nas rochas, na areia,
Eu reparo.
Tudo se move,
Tudo gira...
 
E eu, aqui
Sentado, parado,
algures numa praia.
Observo e sinto
Todo este Mundo,
Que me envolve,
E onde me refugiei,
E onde me exilei.
 
Perdi a esperança,
Nada me alegra,
A vida já não me sorri.
Morri,
Para ti  e para quase todos.
 
Agora, só
Com os meus negros pensamentos
Exilei-me,
Dentro de mim.
 
Numa praia deserta,
Onde o sol já não brilha,
Como dantes
E onde o mar desespera,
E o vento me flagela.
Eu permaneço, sentado
À tua espera.

publicado por Augusto P.Gil às 15:51
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Mariana a 27 de Janeiro de 2007 às 23:26
Pla praia de Sta. Cruz deixei meus 18 anos
inspirei-me nessa luz e no mar dos desenganos
Fiz poemas e prosas várias, que bebi nessas marés
corri na areia descalça a espuma beijou-me os pés...
Nesse beijo de magia meu amor ficou ileso
mas guardo a melancolia pois meu pé ficou lá preso...

Beijinho
Mariana

Comentar post

.Mais sobre mim

.Dezembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Respeite os Direitos de Autor

Todos os direitos reservados ao autor sendo proibida a sua publicação sem autorização prévia

.Links

.tags

. todas as tags

.Posts recentes

. Desejo

. ...

. Virar de Pagina

. Dezembro

. Estou de Regresso

. Encontro-me numa profund...

. Calor Intenso

. Ano Novo . o Virar de Mai...

.Favoritos

. ALGURES, JUNTO DE MIM...