Quarta-feira, 3 de Outubro de 2007

Encontro

 

Foto de Augusto P.Gil

Encontro


Olho, nos olhos
De quem me fita
Numa esperança vã,
De quem não quer
Mas que a todos permita.

Tocas, na minha mão
Em desejos,
Mal contidos.
Recalcados de prazer
Frustrado,
pelos meus olhos,
de censura.

Mas a conversa mantêm-se
As palavras, jorram
As ideias perpassam
Mas o desejo permanece.

Sinto-me embalado
No prazer de desejos
Oferecidos
De carências mutuas.

Um beijo roubado,
Ou Trocado,
Em sabores adocicados
Finaliza
Uma conversa
De um fim de tarde.

De olhos no chão
De olhares fugidios
Envergonhados
Reparo
Que nos separamos,
Quem sabe,
Se amanhã,
novamente nos encontramos.


Nov'2006

sinto-me: Nostálgico...Até...
música: Momento -Pedro Abrunhosa
publicado por Augusto P.Gil às 00:37
link do post | comentar | favorito
16 comentários:
De Visitante a 3 de Outubro de 2007 às 08:30
Encontro físico
Recatado
Encontro mental
Arrebatado

Um abraço do "Vizinho da Esquina de Cima"
Visitante
De Augusto P.Gil a 8 de Novembro de 2007 às 23:52
Amigo, obrigado pelo comentário, desculpa só agora agradecer.Como sabes só há dias é que regressei a Portugal e já estou de malas feitas para partir de novo e desta vez por muito mais tempo.
Um abraço do Vizinho da esquina de baixo.
Gil
De carmemzita a 3 de Outubro de 2007 às 20:26
Encontro


Encontro e desencontro
num café da capital…

Eram seis horas em ponto
dum atraso habitual,
que deixava o desafio
por um fio de rival.

Nessa hora olhava o Rio
e seu desaguar banal…

Mas a noite lá caía,
nas sombras iluminadas.
E minha alma vazia
batia em portas fechadas…

!5/02/07
M.L.C.
Carmenzita
Deixo-te o meu "Encontro" amigo
Com um beijinh
Adorei o conjunto(poema e musica e foto)Parabéns!


De Augusto P.Gil a 8 de Novembro de 2007 às 23:55
Amiga, obrigado pelo comentário e pelo lindo poema, desculpa só agora agradecer.Como sabes só há dias é que regressei a Portugal e já estou de malas feitas para partir de novo e desta vez por muito mais tempo.
Um beijinho.

Gil
De carla granja a 4 de Outubro de 2007 às 15:40
lindo o teu poema e com esses olhares envergonhados só pode ser amor :) se kiseres vem ler o meu misterio de amor , nao acho muita piada,mas olha foi o k me surgiu no momento:)
bjo
carla granja
De Augusto P.Gil a 9 de Novembro de 2007 às 00:10
Amiga, obrigado pelo comentario, desculpa só agora ágradecer, estive ausente do País e vou estar novamente. Se conseguir um tempinho vou dar um saltinho ao teu cantinho para ler o que andaste a escrever na minha ausência.
Aparece sempre, sabes que és bem vinda.
Um beijinho

Gil
De Beata da Aldeia a 5 de Outubro de 2007 às 23:29
Ai menino Augusto eu nem lhe digo o que a minha alma sente quando aqui venho ler as coisas que o menino escreve

Fico logo a sonhar com aquele namorado que eu tive quando eu era jovem e que fugiu a salto para Espanha e por isso nunca mais o vi.

Faz-me sempre recordar a minha juventude porque o menino deve ser um grande romantico e eu quando era nova também era uma romantica e só gostava que me oferecessem flores.

Mas os anos passam e eu agora enfeito a Igreja cá da Aldeia e até gosto.

gostava muito que o menino continuasse a escrever sempre assim e até pensei cá comigo se por acaso não será familiar daquele grande Poeta Augusto Gil

Depois agradecida que me tirasse esta cisma

Depois de ter os seus encontros desejo-lhe um noite muita descansada

Um beijinho desta Beata da Aldeia que muito o admira
De Augusto P.Gil a 9 de Novembro de 2007 às 00:01
Amiga Beata, obrigado pelo seu comentario. Gostei muito das suas opiniões...E fico contente por através do que escrevo, poder fazê-la sonhar...
Já agora e para não continuar a cismar...lhe digo que a unica coisa que me une ao "outro" é apenas o nome...Não somos familiares. Talvez, apenas e só por escrevermos e gostarmos de poesia e pelo nome é que poderá levantar algumas duvidas..
Um beijinho e volte sempre que queira.

Gil
De Maria a 7 de Outubro de 2007 às 16:22
Augusto gostei do seu poema! Um beijo.
De MT-Teresa a 12 de Outubro de 2007 às 20:22
Olá Poeta

Andas muito "desencontrado" de nós...rsss

A tua poesia faz falta e tu nem se fala...rss

Beijokas e volta despressa.

De Augusto P.Gil a 9 de Novembro de 2007 às 00:18
Amiga, fico contente por saber que a minha ausência é sentida por vós. Como sabes estive fora...E dentro de dias partirei de novo, desta vez por um pouco mais...talvez quem sabe, venha com o pai natal...rsrsrs.
Um beijinho

Gil
De Maria a 15 de Outubro de 2007 às 21:02
Vim reler o poema! Um beijo!
De mariola a 16 de Outubro de 2007 às 17:06

Quem já não se encontrava aqui há uns bons 15 dias, era eu.

Por isso aqui estou, a marcar presença e a matar saudades dos Amigos.
Mais um bonito poema.
Um abraço



Vasconcelos
De Augusto P.Gil a 9 de Novembro de 2007 às 00:14
Amigo, já tinha saudades das suas visitas.
Obrigado. Peço desculpa por só agora lhe agradecer, estive ausente do país e dentro de dias vou voltar a estar ausente novamente.
Como sabe é sempre bem vindo ao meu cantinho.
Um abraço
Gil
De Maria a 20 de Outubro de 2007 às 22:08
Amigo Augusto Gil vim desejar um bom fim de semana, e óptima semana. Um beijo.
De Augusto P.Gil a 9 de Novembro de 2007 às 00:05
Amiga, obrigado pelos seus comentários. Desculpa por só agora te responder, mas estive ausente do País. Regressei à dias e já estou novamente de partida. Vou tentar não ficar ausente tanto tempo, longe de todos vós.
Volta sempre, sabes que és bem vinda.
Um beijinho

Gil

Comentar post

.Mais sobre mim

.Quantos andam por aqui?

online

.Que horas são?

.Dezembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Musica

object width="425px" height="360px" >

.Contacto

e-mail
Contacto via e-mail

.Respeite os Direitos de Autor

Todos os direitos reservados ao autor sendo proibida a sua publicação sem autorização prévia

.O meu livro

.Quem me visita

!--************CODE GEOCLOCK************-->
contador de visita

.Links

.tags

. todas as tags

.Posts recentes

. Desejo

. ...

. Virar de Pagina

. Dezembro

. Estou de Regresso

. Encontro-me numa profund...

. Calor Intenso

. Ano Novo . o Virar de Mai...

.Favoritos

. ALGURES, JUNTO DE MIM...