Quarta-feira, 25 de Abril de 2007

Recordar

Campo de Concentração do Tarrafal

Cabo Verde - 2007

 

Recordar

 

Nesta cela,

Cercada,

De altos muros,

Onde os sentimentos

Se encontram proibidos.

Apenas os sonhos

Se libertam,

E voam, como qualquer pomba

Esbracejando no céu.

 

Os desejos, de liberdade,

Esbatem na surdez,

Da repressão.

 

E nesta cela de noite,

Escura,

Constante,

Apenas os gritos,

De dor, rasgam brechas

No silêncio.

 

O Despotismo,

Que nos rege

Amordaça-nos

O pensamento…

 

E arrastamos grilhões,

Banhados,

De sangue secular.

 

As montanhas, naturais

Que nos rodeiam

Prendem-nos…

Os sonhos, as fantasias,

De outrora…

 

E os desejos de criança

Morrem nos dias que passam…

Longos, Impessoais…

Apenas cortados,

Por gritos abafados…

carentes de liberdade.

 

Mas a esperança,

Guardada, no fundo

Da alma

Talvez…Um dia…

Nasça, brote…

Chegue de madrugada

Como as águas mil

De Abril.

                                                                               24/Abril’07

                                                                   Homenagem a...Quem sempre acreditou que um dia iriamos acordar.

 

 

sinto-me: Nostálgico
música: Grândola Zeca
publicado por Augusto P.Gil às 01:15
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De MT-Teresa a 25 de Abril de 2007 às 09:27
Eu acreditei..e pelos vistos tu também

Bom 25 de Abril

Beijo solidário

Teresa
De Ventania a 26 de Abril de 2007 às 21:40
Muito bonito, descritivo de como, por certo, se sentiam os presos do Tarrafal. Bela homenagam ao dia da liberdade em que todos devíamos pensar que ditadura nunca mais..
Aproveito para te felicitar pelo blog que está muito bonito.
Beijinhos
Benilde
De Visitante a 27 de Abril de 2007 às 16:34
A memória tem de ser bem guardada... e avivada, pois infelizmente continua a haver muita gente nostálgica... e os políticos actuais dão uma péssima imagem de si mesmos, o que em nada ajuda...

Um abraço do "vizinho da esquina de cima"

Vistante
De carmemzita a 29 de Abril de 2007 às 01:35
Amigo Gil
Sei que andaste por lá!
A pisar as Terras do Tarrafal, e a sentir na pele
a tortura dos que pensavam diferente...
O 25 de Abril, trouxe-nos o Grito de Liberdade tão ansiado...Tudo mudou...
....Só lamento, os nossos governantes, ao fim destes 33 anos, ainda não saberem levar a bom porto, este navio, chamado Portugal.
Um beijinho
Um molho de cravos pelo poema.
CarmenZita

Comentar post

.Mais sobre mim

.Quantos andam por aqui?

online

.Que horas são?

.Dezembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Musica

object width="425px" height="360px" >

.Contacto

e-mail
Contacto via e-mail

.Respeite os Direitos de Autor

Todos os direitos reservados ao autor sendo proibida a sua publicação sem autorização prévia

.O meu livro

.Quem me visita

!--************CODE GEOCLOCK************-->
contador de visita

.Links

.tags

. todas as tags

.Posts recentes

. Desejo

. ...

. Virar de Pagina

. Dezembro

. Estou de Regresso

. Encontro-me numa profund...

. Calor Intenso

. Ano Novo . o Virar de Mai...

.Favoritos

. ALGURES, JUNTO DE MIM...